Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

O Slow Food é um movimento global de ação local, organizado em rede. As estruturas organizacionais são em três níveis principais: uma associação internacional sediada na Itália (aqui denominado Slow Food Internacional), associações nacionais (que no caso brasileiro é a Associação Slow Food do Brasil) e diversos núcleos de ação local (denominados anteriormente de Convívios e Comunidades do Alimento e atualmente organizados nas Comunidades Slow Food).

Slow Food Internacional (SFI)

O Slow Food Internacional está organizado nos seguintes níveis organizacionais e diretivos:

a) Congresso
b) Direção constituída por:
1) Presidente 2) Comitê executivo 3) Conselho 4) Secretário Geral
c) Direção nacional, supraregional, regional ou outra estrutura organizacional reconhecida.
d) Convívio

O Congresso é o órgão deliberativo máximo do Slow Food e acontece a cada quatro anos, por meio de um Regulamento específico elaborado para cada Congresso, também visando o completo alcance das atribuições institucionais.

O Conselho é o órgão de direção política da associação e é eleito pelo Congresso respeitando as modalidades definidas pelo regulamento congressual. Na composição é garantida a representatividade das áreas geográficas, do número de sócios, da rede Terra Madre e de grupos particularmente significativos, como jovens e povos indígenas.

São membros do Conselho também um representante da Fundação Slow Food para a Biodiversidade e um da Universidade de Ciências Gastronômicas.

Os membros do Comitê Executivo são também, por direito, membros do Conselho.

As atribuições do Conselho são: a) implementar as decisões do Congresso e definir as escolhas e as orientações estratégicas da Associação; b) estabelecer eventuais órgãos consultivos e aprovar os regulamentos; c) deliberar, sobre proposta do Comitê Executivo, outras estruturas organizacionais intermediárias ou a exclusão daquelas existentes; d) discutir e aprovar o programa de trabalho da Associação; e) aprovar o balanço / orçamento consultivo anual elaborado pelo Comitê Executivo; f) identificar e destituir, sob proposta do Presidente, o Tesoureiro, delegado pela supervisão da correta gestão financeira da Associação; g) aprovar o Regulamento congressual; h) substituir temporariamente os membros que renunciarem ou forem afastados, para garantir o funcionamento deste Conselho.

Associação Slow Food do Brasil (ASFB)

A Associação Slow Food do Brasil (ASFB) é o nó da rede Slow Food Brasil guardiã das marcas e programas do movimento no país. É também a figura jurídica de apoio à rede, sendo o interlocutor institucional com o Slow Food Internacional e outras organizações parceiras.

Breve histórico

Em 2009 o Slow Food São Paulo constituiu o Instituto Convivium Slow Food São Paulo no intuito de se estruturar e possibilitar a captação de recursos para suas atividades. Essa estrutura se manteve até o ano de 2013, quando se definiu pela criação de uma associação nacional que viria a ser a ASFB.

No primeiro mandato (2013-2017) a ASFB foi articulada pela delegação brasileira presente no Congresso Slow Food ocorrida em 2012, onde foram escolhidos aqueles que viriam a ser o então Conselho Consultivo com representantes de temas que o movimento tratava, constituindo se da seguinte forma: Agroecologia e Agricultura Urbana (Marcus José de Abreu), Biodiversidade e Educação (Marina Vianna), Ecogastronomia (Margarida Nogueira), Gastronomia Social (David Hertz), Indígenas e Comunidades Tradicionais (Maurício Fonseca), Jovens (Caio Dorigon) e Líderes (Cenia Salles). Além do Conselho Fiscal (Rodrigo Cotrim e Sidney Latorre) e da Diretoria (Georges Schnyder).

Ao longo deste mandato sentiu-se a necessidade de se modificar a estrutura, de forma a garantir maior representatividade da rede, assim foram feitas mudanças na estrutura da instituição a fim de abranger mais participação dos nós da rede, para o qual cada nó da rede passou a poder indicar um representante para compor a Assembleia Geral que por sua vez elegeria os Conselhos Consultivo (que passou a ter representantes por tipo de nó e não mais por expertise temática) e Fiscal, além da Diretoria.

A parte executiva fica por conta do Núcleo Gestor, indicado pela Diretoria, e é apoiado por prestadores de serviço e colaboradores, dentre os quais administrativo-financeiro, consultores vinculados a projetos específicos e colaboradores voluntários da rede (como facilitadores regionais, comunicadores, dentre outros).

Organização – Mandato 2017-2021

  • Assembleia Geral A Assembleia Geral (AG) é o órgão soberano da ASFB, elegendo e legitimando os Conselhos e Diretoria. É composto por representantes da rede com mandato definido além de associados efetivos e benemérito.

Integrantes 

→ Representantes de Convívios (os nomes de convívios iniciam todos com 'Slow Food', abreviado abaixo apenas como 'SF')

  • Antonio Augusto dos Santos - SF Engenhos de Farinha
  • Maria Conceição de Oliveira - SF Como Como
  • Fábio Sicília - SF Amazônia
  • Alana Gambarini - SF Araras
  • Keli Pereira de Oliveira - SF Binacional Santana do Livramento Rivera
  • Anderson de Medeiros - SF Campo Grande
  • Fulvio Iermano - SF Campo Lindo - Batatais
  • Luis Carrazza - SF Cerrado 
  • Rosane Radeck -i SF Colônia Cecília
  • Rafael Bonilha - SF Coré Etuba
  • Michele de Medeiros Carvalho - SF Diamante
  • Ana Maria Tomazoni - SF Grande ABC
  • Karla Ananias - SF Ipê
  • Fabiano Gregório - SF Mata Atlântica
  • Helenkassya Gonçalves de Araújo - SF Manaus
  • Anayde Lima - SF Piracaia
  • Ivane Favero SF Primeira Colônia Italiana
  • José Alceu dos Santos - SF Pró-Vita
  • Carolina Sá  Souza - SF Rio de Janeiro
  • Maria Helena Caldas - SF São Paulo
  • Daniel Vernacci - SF Saudável Mente
  • Virgínia Pinto Coelho - SF Sementes Crioulas do Sul de Minas
  • Jussara Dutra - SF Sul-Porto Alegre

→ Representantes de Comunidades do Alimento (CdA)

  • Catarina Gesleuchter - CdA Produtores de Farinha de Mandioca Polvilhada de SC
  • Gabriel Menezes - CdA Processadores de Frutas Nativas da Serra do Mar
  • Valdivino Araújo - CdA Catadoras de Licuri do Sertão da Bahia
  • Francisca Cilene Teixeira da Silva - CdA Jovens Meliponicultores de RN - Joca

→ Representantes de Grupos de Trabalho (GT)

  • Maurício Fonseca - GT Queijos Artesanais de Leite Cru
  • Fernando Rangel - GT Sementes Livres
  • Claudia Nunes de Mattos - Aliança de Cozinheiros
  • Carolina Oda - GT Cerveja Slow
  • Sara Almeida Campos - GT Comunica
  • Rafael Riojas Arantes - GT Educação
  • Gabriella Pieroni - GT Mandioca
  • Jerônimo Villas-Bôas - GT Meliponicultura
  • André Antivilo - GT Slow Fish

→ Representantes da Rede Jovem / Slow Food Youth Network (SFYN)

  • Caio Dorigon
  • Gabriela Bonilha

→ Representante do Slow Food Internacional

  • Valentina Bianco

 > Associados Efetivos

  • Maurício Fonseca
  • Bernardo Braga SImões
  • Cenia Salles
  • David Hertz
  • Georges Schnyder
  • Glenn Makuta
  • José Humberto Oliveira
  • Ligia Meneguello
  • Marcelo Terça-Nada
  • Marcos José de Abreu
  • Margarida Nogueira
  • Marina Vianna Ferreira
  • Rodrigo Cotrim de Carvalho
  • Sidney Zaganin Latorre

 > Associado Benemérito 

  • Carlo Petrini

 > Conselho Consultivo

  • Catarina Gesleuchter Comunidades do Alimento - Titular
  • Gabriel Menezes Comunidades do Alimento - Suplente
  • Antonio Augusto dos Santos Convívios - Titular
  • Maria Conceição de Oliveira Convívios - Suplente
  • Caio Dorigon Rede Jovem - Titular
  • Gabriela Bonilha Rede Jovem - Suplente
  • Valentina Bianco Slow Food Internacional

 > Conselho Fiscal

  • Ana Maria Tomazoni
  • Anayde Lima
  • André Antivilo

> Diretoria

  • Georges Schnyder - Presidente 
  • Luis Carrazza - Vice-Presidente 
  • Jerônimo Villas-Bôas - Secretário

> Núcleo Gestor

  • Glenn Makuta - Articulação de Rede e Comunicação Interna
  • Ligia Meneguello - Programas e Conteúdos
  • Valentina Bianco - Parcerias Institucionais e Mobilização de Recursos

> Facilitadores: são integrantes da estrutura da ASFB apesar de nem todos serem parte de seu quadro associativo.

  • Carlos Demeterco - Norte
  • Tainá Marajoara - Norte
  • José Guede - Norte
  • Revecca Tapie - Nordeste
  • Jean Marconi - Centro-Oeste
  • Mayk Arruda - Centro-Oeste
  • Revecca Tapie - Nordeste
  • Marcelo Podestá - Sudeste
  • Giselle Miotto - Sul

> Transparência e Governança

  • Histórico de Atividades da ASFB
  • Prestação de Contas > pdf
  • Estatuto > pdf
  • Uso da Marca > pdf
  • Diretrizes de Mobilização de Recursos > pdf
  • contato: asfb@slowfoodbrasil.com


» Ecogastronomia

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s