Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

jaguaribara 77

O consumo de peixes e frutos do mar tem sido impactado, em todo o mundo, por uma instigante questão: como comer pescados em boa quantidade e diversidade, sem agredir o meio ambiente? Alguns peixes muito consumidos já se encontram à beira da extinção, como algumas espécies de atum, o cherne, o mero e vários outros.

A necessidade de diversificar o consumo, além de ser importante para o ambiente, é também decisiva para a saúde, pelos teores nutricionais, e para a economia, por ser preciso quebrar o quase monopólio da venda de espécies mais caras como o salmão e o saint-peter.
O governo, através do Ministério do Meio Ambiente, está preocupado com a preservação das espécies de pescados, o que se manifestou agora em 17 de Dezembro passado na Portaria 445: ela lista 475 espécies de peixes frutos do mar, proibindo a pesca de 334 delas.
Pescadores, comerciantes, chefs de cozinha e consumidores estão analisando a Portaria: alguns discordam da inclusão, entre os proibidos, do pargo, do cação e das raias; outro discutem as formas de controle da Portaria, outros ainda a repercussão dela na culinária brasileira.
Por considerar o assunto da maior importância, o Centro de Pesquisas em Gastronomia Brasileira está organizando uma Mesa Redonda: “O Peixe que Comemos: Pesca, Regulamentação e Gastronomia”, com a participação de chefs de restaurante como Cauê Tessuto (A Peixaria) e Ivan Ralston (Tuju); um produtor e distribuidor como Sérgio Cayres Pinto (Le Coquililer), e estudiosos como Adriana Meira (Slow Fish) e Cintia Miyaji (Unimonte).
O debate será realizado na Universidade Anhembi Morumbi, em sua Cozinha de Demonstração do Campus Vila Olimpia, à Rua Casa do Ator, 340, dia 28 de Abril às 19 horas.

Debate/Mesa Redonda:

O PEIXE QUE COMEMOS
Pesca, regulamentação e gastronomia
Apoio: Slow Fish Brasil

Participação:
Abertura: Rosa Moraes (Laureate)
Cauê Tessuto (A Peixaria)
Adriana Meira (Slow Fish)
Ivan Ralston (Tuju)
Sérgio Cayres Pinto (Le Coquililer)
Cintia Miyaji (Unimonte)
Mediação: Ricardo Maranhão (Anhembi Morumbi)

Dia 28 de Abril às 19 horas – Cozinha de Demonstração
Rua Casa do Ator, 340, Vila Olimpia
Escola de Negócios e Hospitalidade – Universidade Anhembi Morumbi

Imagem : MPA

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s