Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

As chefs Teresa Corção, do restaurante O Navegador (RJ), e Margarida Nogueira, líder do convivium Slow Food Rio, estiveram presentes em um dos eventos mais importantes da gastronomia norte-americana: o 31st Annual Conference of the International Association of CulinaryProfessionals (IACP ), em Denver (EUA). A dupla foi convidada para participar do painel International Models for children´s healthyfutures. O evento aconteceu entre os dias 31 de marçoe 04 de abril, em Denver, no Colorado.

 

O objetivo do debate foi abordar a importância da educação alimentar para crianças e jovens, a fim de evitar problemas futuros à saúde. Os organizadores selecionaram três modelos: um da Noruega, um da Inglaterra e um do Brasil, que é o Instituto Maniva.

 

No último dia 4, as chefs embarcaram para a cidade de São Francisco, na Califórnia. O convivium Slow Food   do estado promoveu uma sessão exclusiva do  documentário “Seu Bené vai para a Itália”, no Delancey Street Theater. O filme, que participou do Festival Internacional de Cinema de Berlim, conta a história de Benedito Batista da Silva, de 60 anos, um pequeno produtor de farinha d´água em Bragança, no Pará.

 

Com uma série de reuniões previstas para dois dias em São Paulo, embarquei para lá com a imagem da cidade que todos têm: muito trânsito, céu cinza, muitos prédios. E aquela pergunta: como as pessoas conseguem viver lá?

Por causa do objetivo da viagem, preparei os sentidos para avaliar com outros olhos, sem preconceitos. Já estive na cidade inúmeras vezes, desde a infância até a idade adulta, mas antes para passar férias e depois em viagens de negócios, muito rápidas e querendo voltar logo para casa. Porém, cometi um erro primário: esqueci a máquina fotográfica.

Guiada por Cenia Salles, líder do Convivium Slow Food de São Paulo, a programação incluiu, além das reuniões, encontros com pessoas muito interessantes, que de uma forma ou de outra estão ligadas pela ecogastronomia.

A Gastromotiva é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) cuja missão é formar jovens para ingressarem no mercado de trabalho, através do estudo e da prática da gastronomia, assim como apoiar o desenvolvimento de negócios sociais gastronômicos.

Em 2005, o chefe David Hertz, integrante da Rede Terra Madre , criou esta Incubadora Social, com o objetivo de investir na educação de cidadãos através do Bufê Escola Gastromotiva, capacitando-os para o mercado de trabalho e incentivando-os a abrir negócios gastronômicos em comunidades. A Gastromotiva acredita que pessoas podem se motivar a transformarem suas realidades, utilizando a gastronomia e hospitalidade como ferramenta.

Em 2008 a organização recebeu o prêmio “Melhores da Gastronomia” - Categoria Responsabilidade Social na Alimentação - da Revista Prazeres da Mesa, uma das mais importantes publicações brasileiras do segmento. Em novembro do mesmo ano, a Gastromotiva foi uma das organizações contempladas pelos recursos gerados pelo Jantar do Século, um jantar beneficente feito pelo chefe número 1 do mundo, o espanhol Ferran Adriá, e outros 15 chefes espanhóis, além do brasileiro Alex Atala.

O programa Cidades e Soluções da primeira semana de março de 2009 é dedicado ao Slow Food. Veja na GloboNews a reportagem "Slow Food - Um outro jeito de comer" que entrevista Carlo Petrini e Michael Pollan durante o Berlinale (Festival de Cinema de Berlin), conversa com Roberta Marins de Sá sobre o Slow Food no Brasil e mostra algumas atividades desenvolvidas pelo Convivium Piracicaba seja reunindo associados, chefs e produtores, seja na pesquisa de alimentos com espécies nativas da Mata Atlântica.

O vídeo estará disponível on-line no link:
Slow Food - uma nova proposta de alimentação

O programa será exibido nos dias:
1º/3/2009 (domingo), às 21:30h,
2/3 (segunda) 03:05, 08:30, 15:30
4/3 (quarta) 05:05, 17:30
7/3 (sábado) 05:30

Saiba mais:

 

Slow FishDe 17 a 20 de abril de 2009 acontecerá o Slow Fish , organizado pelo Slow Food e a Região da Liguria, com o apoio da Cidade de Genova, Província de Genova, Fundação Carige, Câmara de Comércio de Genova, e em colaboração com o Ministério Italiano das Políticas Agrícolas, Alimentares e Florestais.

O evento internacional de realização bienal, totalmente dedicado ao mundo dos pescados e sua problemática, em sua quarta edição, acontece este ano em um espaço de grande charme: o novo pavilhão da Feira de Genova , localizado diretamente sobre o mar e projetado pelo arquiteto Jean Nouvel.

Durante o Slow Fish, através de conferências, encontros, laboratórios e degustações, se fala da produção sustentável de pescado e o consumo responsável em relação ao mar e os ecossistemas aquáticos.

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s