Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Textos e Notícias

» Para receber os textos do Slow Food Brasil por email, basta você cadastrar seu endereço:


Acompanhe também via: Slow Food Brasil via RSSSlow Food Brasil no TwitterSlow Food Brasil no Facebook

"A política mais importante passa pela comida", diz Carlo Petrini

Carlo Petrini em Salvador - Bahia, Brasil
Carlo Petrini, presidente do Slow Food Internacional (Foto: Margarida Neide/A Tarde)

O italiano Carlo Petrini esteve em Salvador pela primeira vez em 1982. Na época, enquanto almoçava no Mercado Modelo, teve a sorte de encontrar o escritor Jorge Amado, de quem ganhou um autógrafo e uma entrevista para o jornal Il Manifesto. Sim, ele é jornalista, embora seja conhecido em todo o mundo como fundador do Slow Food, movimento internacional criado em 1986 sob a bandeira do alimento "bom, limpo e justo" e já está presente em 172 países. Desta vez, nós é que tivemos a sorte de encontrar Petrini em Salvador, onde esteve antes de seguir para o Mistura, principal festival gastronômico da América Latina, no Peru. Confira trechos da entrevista exclusiva.

Leia mais:"A política mais importante passa pela comida", diz Carlo Petrini

Siga o Slow Food Brasil no Instagram

Instagram Slow Food

O Slow Food Brasil está também no Instagram, rede social de compartilhamento de fotos, onde estamos publicando imagens e pequenas histórias sobre a biodiversidade brasileira e sobre os alimentos bons, limpos e justos.

Siga o Slow Food no Instagram: http://instagram.com/slowfood.brasil

E compartilhe a novidade com os amigos.

VI Festa da Ostra no Quilombo Kaonge (Iguape - Cachoeira, Bahia)

 Ostra dos Quilombos de Iguape, Bahia

A VI Festa da Ostra será realizando nos dias 27 e 28 de setembro de 2014, no Quilombo Kaonge – Comunidade Rural do Município de Cachoeira-BA. Com foco na sustentabilidade e economia solidária, o evento é realizado desde 2009 pelos cultivadores de ostras dos quilombos do Vale e Bacia do Iguape e pelo núcleo de Turismo Étnico Rota da Liberdade. O objetivo é divulgar, comercializar e fortalecer a cadeia produtiva dos produtos das comunidades.

A Festa é um evento imperdível para quem gosta de gastronomia e culturas tradicionais. A Ostra produzida na região é nativa e extremamente saborosa. Os pratos servidos na Festa são feitos com Azeite de Dendê artesanal produzido pelas próprias comunidades e utilizam diversos outros ingredientes cultivados localmente, numa autêntica festa "Km Zero".

Carlo Petrini em visita no Quilombo Kaonge, Iguape - Bahia
Carlo Petrini, presidente do Slow Food em visita no Quilombo Kaonge, Iguape - Bahia

Destaques da Programação da Festa

Leia mais:VI Festa da Ostra no Quilombo Kaonge (Iguape - Cachoeira, Bahia)

O papel fundamental da África no sistema alimentar global, segundo o Slow Food

salone-del-gusto2014-terra-madre-slow-food

Em termos das falhas do atual sistema alimentar, cada região geográfica enfrenta diferentes problemas atribuídos aos processos de produção e distribuição dos alimentos. Por esta razão, o Slow Food assume uma abordagem local com suas atividades educativas e projetos. Por exemplo, nos países industrializados, o foco do Slow Food é a redução do desperdício nos hábitos dos consumidores, apresentando formas mais saudáveis de se alimentar, conscientizando sobre os benefícios dos alimentos locais para o meio ambiente e para a sociedade e promovendo e protegendo os produtos tradicionais. Para o continente africano, ao contrário, os problemas mais graves são bem diferentes: refletem as consequências de um sistema alimentar injusto. Em muitos casos, as comunidades lutam para combater a fome e pelo direito ao alimento. Através de diversas iniciativas, o Slow Food apoia ativamente as comunidades africanas para ajudá-las a mudar a situação atual. Estas iniciativas incluem o Projeto das Mil Hortas na África, as Fortalezas Slow Food, os mercados de produtores e a campanha contra a grilagem de terras. Tais projetos têm o potencial não apenas de melhorar a qualidade de vida, mas também de garantir a sobrevivência das comunidades locais. Para maiores informações sobre o nosso enfoque na África, leia o documento: O papel central do alimento, o papel central da África.

A edição deste ano do Salone del Gusto e Terra Madre terá a participação de aproximadamente 450 delegados do Terra Madre de 48 países africanos. Durante o evento de 2014, as seguintes conferências, Laboratórios do Gosto e produtos serão relacionados à África:

Leia mais:O papel fundamental da África no sistema alimentar global, segundo o Slow Food

"Engenhos da Cultura • teias agroecológicas”, livro e vídeo que retratam a Rede Catarina Slow Food estão disponíveis on line

arte

Já estão disponíveis em versões para web o livro e audiovisual Engenhos da Cultura: teias agroecológicas, uma realização do CEPAGRO – Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo. O trabalho é um registro histórico das ações do Ponto de Cultura Engenhos de Farinha através de seus protagonistas, metodologias e insidência política.

 A edição foi lançada em Julho de 2014 no CIC - Centro Integrado de Cultura, em Florianóplis, evento realizado pela Rede Cultura Viva SC e Rede Catarina Slow Food que contou com a presença das comunidades urbanas e rurais envolvidas. A iniciativa faz parte de uma campanha levantada pelo Convívio Engenhos de Farinha/Slow Food e viabilizada pela Ong Cepagro que propõe o registro do modo de fazer a farinha polvilhada  de Santa Catarina como Patrimônio Cultural Imaterial.
 
DSC 0175 copy copy copy copy
Famílias da Rede dos Engenhos de Farinha da grande Florianópolis, foto Fernando Angeoletto
 

O e-book “Engenhos da Cultura: teias agroecológicas” pode ser acessado através do link http://issuu.com/sandraalves91/docs/livro_engenho_da_cultura_vf

A força da cultura agroalimentar ligada aos engenhos de farinha de mandioca de Santa Catarina e sua possibilidade de ressignificação através da agroecologia são o mote de onde surgem as diversas ações apresentadas nesta publicação que também retrata a trajetória da Rede Catarina Slow Food e parceria entre os Convívios Engenhos de Farinha e Mata Atlântica. Na primeira parte do livro temos um pequeno registro de metodologias utilizadas, tanto em cursos e oficinas como na construção de formatos de eventos que buscam o diálogo entre comunidades de base, pesquisadores e gestores públicos. Num segundo momento, a criação e consolidação da Rede dos Engenhos Artesanais da Grande Florianópolis é apresentada em seus trânsitos locais e globais, revelando cada um dos engenhos como espaços histórico-culturais e pedagógicos e também de produção agroecológica. Nas seções seguintes, a história das populações tradicionais do litoral catarinense convida a repensar  os papéis destas culturas na atualidade, entre registros, reflexões e receitas culinárias.  

Já o vídeo documentário Engenhos da Cultura:teias agroecológicas pode ser visto através do link http://vimeo.com/104524213

O audiovisual dá voz à agricultores, profissionais e ativistas envolvidos pelo Ponto de Cultura Engenhos de Farinha para retratar a articulação entre  três inspiradores movimentos sociais da atualidade: o Cultura Viva, a Rede Ecovida de Agroecologia e o Slow Food. A experiência de agricultores familiares da Rede Ecovida no encontro mundial do Slow Food, o Salone del Gusto/Terra Madre 2012 é evidenciada através de memórias, assim como a Bijajica, iguaria recém embarcada na Arca do Gosto. Também são abordadas metodologias em educação do gosto que fazem parte GT Educação do Slow Food Brasil.

Tanto a publicação quanto o vídeo documentário serão apresentados em outubro no Salone del Gusto/Terra Madre 2014 em Turim, Itália.

Aos leitores e expectadores um bom apetite! 

IMG 7305 1 copy copy

Ecochefs do Convívio Mata Atlántica no lançamento do livro+doc, foto sandra alves 

 

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s