Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Receita Desafio Slow Fish: Cassoulet de Truta Defumada e Feijão do Divino

Receita Enviada por: Laura de Santis Prada - Santo Antônio do Pinhal/SP - 07/04/2013

 

Peixe :   TRUTA

Nome Comun: Truta arco-íris

Nome Científico:  Oncorhynchus  mykiss

Tamanho Mínimo:  s/indicação

Tamanho Máximo:  30-45cm/2kg

Época da pesca: Durante todo o ano,  já que é cultivada em cativeiro, mas no inverno tem maior incidência devido estiagem.

Encontrado: Principalmente em rios de planalto do sul e sudeste do país.

Distância Mínima da Costa:  Produzida em cativeiro de água doce (Aquicultura).

Características: Da família dos salmonidaes, da ordem salmoniformes.  Peixe de água doce com corpo acastanhado ou amarelado, com pintas pretas na zona do dorso e risca rosada que se prolonga das guelras  à barbatana caudal.

 

 

Receita:   Cassoulet de Truta Defumada e Feijão do Divino

 Ingredientes:

400 g de feijão do divino

 2 filés de truta defumada (de preferência já limpa, sem pele e espinha)

 250g de ricota defumada sem pimenta cortada em cubos (não tire a casca, pois    ela ajuda a acentuar o gostinho de defumado)

 1 pimentão vermelho pequeno, picado em cubos

 5 folhas de cebolinha picada em rodelinhas finas

 1 cebola grande picada.

 2 a 3 dentes de alho amassados

 2 a 3 folhas de louro.

 2 colheres de azeite.

Como fazer:

Deixe o feijão do divino de molho por no mínimo 3 horas (e no máximo 8 horas). Escorra a água, lave e ponha para cozinhar com 1,5 litro de água (pode usar panela de pressão, mas eu prefiro na panela de barro e no fogão à lenha, estilo Slow Food). Quando o feijão já estiver quase cozido (vá vigiando a água e o cozimento), prepare os outros ingredientes: numa panela à parte, refogue com o azeite: o alho, a cebola, o pimentão e as folhas de louro. Quando o feijão estiver cozido acrescente este refogado à ele. Acrescente em seguida a ricota defumada e a cebolinha verde. Prove o sal. Por último acrescente os pedaços de truta, tomando o cuidado de não mexer muito para não desmanchá-la. Sirva acompanhado de arroz, couve manteiga refogada e molho de pimenta para quem gosta. Bom apetite!

PratodeCassouletdetrutaefeijaodoDivino

Pesca e Tradição

 A truta é espécie considerada exótica  introduzida em ambientes naturais, ainda hoje sendo estudada[1].  A truta é originalmente do hemisfério norte; Estados Unidos e Canadá.   Hoje já introduzida em todos os continentes, sendo que no Brasil foi introduzida em 1949, com ovos da Dinamarca.  Existem Truticulturas bem adaptadas em áreas de rios e corredeiras da Serra da Mantiqueira, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul[2].

O cassoulet é especialidade gastronômica francesa da região do Lanquedoc-Roussillon, basicamente de feijão e carnes.  Preparado dentro de “Cassole” ou melhor Caçarola de Barro.  Neste caso, foi preparado criativamente com truta em panela de barro.

A Truta pode facilmente ser encontrada em restaurantes da região sul e sudeste do Brasil.



Introdução da Truta no Brasil e  na Bacia do Rio Macaé, Estado do Rio de Janeiro: Histórico, Legislação e Perspectivas.   Oecologia Brasiliensis 13(4): 649-659, Dezembro 2009 doi:10.4257/ oeco.2009.1304.08

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s