Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Festival Arca do Gosto 2016

De 8 a 18 de outubro de 2015, chefs de 14 restaurantes de São Paulo se mobilizam para incentivar o consumo de ingredientes brasileiros ameaçados de extinção, como o umbu e a araruta, que fazem parte do catálogo mundial do movimento Slow Food

Festival Arca do Gosto - Umbu por Alex Atala
Festival Arca do Gosto: O chef Alex Atala prepara o prato "Umbu, coco e rapadura"

A Arca do Gosto é um catálogo mundial do Slow Food para localizar, descrever, divulgar e proteger produtos ameaçados de extinção, mas que se encontram ainda vivos, com potencial produtivo e comercial. A lista, dividida em categorias como raças animais, frutas e verduras, reúne hoje mais de 2000 ingredientes de diversos países, sendo quase 50 brasileiros, que vão dos mais conhecidos, como o pinhão, aos menos, caso do babaçu e do caranguejo aratu. Para estimular seu consumo, o Slow Food Brasil promove, entre os dias 8 e 18 de outubro, a primeira edição do Festival Arca do Gosto em São Paulo. Quatorze dos principais restaurantes da capital paulista alinhados com a filosofia do movimento, que valoriza o alimento bom, limpo e justo, se engajam para apresentar algumas dessas riquezas nacionais em pratos especiais, a maioria inédita. "A Arca do Gosto tem um potencial enorme no Brasil, ainda pouco explorado. Tem países da América Latina que defendem e mostram a própria biodiversidade com grande orgulho. O Brasil precisa defender sua cultura alimentar com o mesmo orgulho, a partir dos alimentos que estão ameaçados de extinção, promovendo sua produção e consumo”, acredita Carlo Petrini, fundador do Slow Food.

Participam do festival os restaurantes Brasil a Gosto, com a Castanha de Baru, o Capim Santo, com o Aratu, o Dalva e Dito, utilizando o Umbu, o Epice, com o Néctar de Abelhas Nativas, o Espaço Zym, que irá preparar um prato com o Babaçu, e o Brace Bar & Griglia, que fica dentro do Eataly, representando o Parmesão da Mantiqueira. Completam a lista o Esquina Mocotó, com o Pirarucu, o Jiquitaia, com o Arroz vermelho, o Lá da Venda, com o Queijo da Serra da Canastra, o Maní, com a Araruta, o Micaela, representando o Piracuí, o Tête à Tête, que irá usar a Ostra da Cananéia, o Tordesilhas, com o Pequi, e o Tuju, com o Cambuci.

festival arca do gosto cambuci
O chef Ivan Ralston apresenta o prato "Sardinha, Cambuci e pimenta de cheiro"

A chef Lígia Karasawa, do Brace Bar & Griglia, irá preparar o Gnocchi de batata com queijo parmesão da Mantiqueira (R$ 58). A chef Claudia Mattos, do Espaço Zym, utilizará a farinha de babaçu no Brownie salgado de babaçu e taioba (R$ 38), prato principal que faz parte do menu do almoço, que ainda inclui couvert, salada e sobremesa. Entusiasta da castanha do baru, Ana Luiza Trajano, do Brasil a Gosto, apresenta o Peixe do dia grelhado com crosta de baru, purê de banana-da-terra e vinagrete de laranja-lima (R$ 79). Morena Leite, do Capim Santo, resgata o caranguejo aratu em seu Mil folhas de tapioca com aratu (R$ 36), somente no jantar. Alex Atala, do Dalva e Dito, escolheu o umbu, que se transforma na sobremesa Coco, umbu e rapadura (R$ 27). O chef Alberto Landgraf, do Epice, elegeu o Néctar de Abelhas Nativas, que aparece também como doce na Compota de pera, burrata de búfala, tomilho limão, mel de uruçu (R$ 35). Rodrigo Oliveira, do Esquina Mocotó, apresenta o Pirarucu, cozido de feijão caupi, milho verde e paio (R$ 49), enquanto o chef Marcelo Corrêa Bastos, do Jiquitaia, irá preparar o Arroz vermelho com abóbora e camarão (R$ 45). Já a chef Heloisa Bacellar, do Lá da Venda, escolheu o queijo da Serra da Canastra, que é usado no preparo do Bombocado de queijo da Canastra e mandioca (R$ 8). Helena Rizzo e Daniel Redondo, do Maní, grandes fãs da farinha de araruta, servem os já clássicos Nhoques de Mandioquinha e Araruta com “dashi” de tucupi (R$ 45). O chef Fábio Vieira, do Micaela, apresenta a Torta salgada de piracuí com salada de mini folhas picantes (R$ 30), com rúcula selvagem, folha de mostarda, azedinha e mini agrião. O chef Gabriel Matteuzzi, do Tête à Tête, usa a Ostra da Cananéia nas Ostras em 4 versões: Ostras ao gim-tônica, Cevichada de Ostras, Tempurá de ostras e shissô, Gratinadas ao Sabayon de Champanhe (R$ 35), enquanto a chef Mara Salles, do Tordesilhas, optou pelo pequi no Polvo, feijão de corda com pequi, legumes e farofa d'água no azeite de pequi produzido pelos índios da nação Kisêdjê do Xingu (R$ 65),servido somente no jantar de terça a sábado. Por fim, o chef Ivan Ralston, do Tuju, usa o Cambuci na Sardinha, Cambuci e pimenta de cheiro (um dos três tira-gostos do Menu da Estação, servido no jantar, que ainda inclui uma entrada, um prato principal e uma sobremesa pelo valor de R$ 185).

Ao adotar os produtos da Arca, os chefs de cozinha estão contribuindo para a salvaguarda do modo de vida e valorização das comunidades de produtores que se ocupam de cuidar e preservar diariamente nossa biodiversidade. “A Arca se faz efetiva na medida em que sai do papel, quando estes produtos são procurados, comprados e consumidos, entrelaçando culturas e colocando todos em defesa dos nossos patrimônios naturais”, explica Katia Karam, antropóloga e coordenadora da Comissão Brasileira da Arca do Gosto. O Brasil tem uma enorme variedade de espécies e culturas alimentares e o Slow Food deseja englobar cada vez mais produtos do país na Arca do Gosto, buscando estimular o reconhecimento e a conservação de nossa sociobiodiversidade.

Saiba mais sobre os ingredientes da Arca do Gosto:

Realização:

O festival foi idealizado e realizado pelo Slow Food Brasil em parceria com a Coentro Comunica, tem identidade visual e peças gráficas desenvolvidas pela DoDesign-s. Apoio: SenacFoodPass. Patrocínio: Monama e AMMA.

Sobre o Slow Food:

Fundado por Carlo Petrini, na Itália, em 1986, o Slow Food é um movimento internacional sem fins lucrativos presente em mais de 150 países. Nasceu como um protesto contra o fast-food e a fast-life, onde tudo é padronizado. Defende o alimento bom, ou seja, saboroso e de qualidade; limpo, que não prejudica o meio ambiente; e justo, em relação a condições de trabalho e remuneração dos produtores. O Slow Food tem três grandes missões: defender a biodiversidade alimentar, difundir a educação do gosto e aproximar os agricultores dos consumidores através de eventos, iniciativas e projetos como a Arca do Gosto, o Terra Madre Day e a Aliança dos Cozinheiros.

Redes sociais:

Festival Arca do Gosto - Araruta por Helena Rizzo
Os chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo participam do Festival Arca do Gosto com prato à base de Araruta

Serviço:

Brace Bar & Griglia

Endereço: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489 - Vila Nova Conceição - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3279 3300
De segunda a quinta 11h30 - 15h e também 18h30 - 23h / Sexta 11h30 - 15h e também 18h30 - 00h / Sábado 12h - 00h / Domingo 12h - 23h

Espaço Zym

Endereço: Rua Tonelero, 1248 - Lapa - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3021 5637 ou (11) 3021 6746
De terça a sábado 12h - 15h30 / Segunda e domingo: fechado

Brasil a Gosto

Endereço: Rua Professor Azevedo Amaral, 70 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3086 3565
De terça a quinta 19h - 00h / Sexta e sábado 12h - 17h e também 19h - 00h / Segunda fechado / Domingo 12h - 17h

Capim Santo

Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471 - Cerqueira César - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3089 9500
De terça a sexta 12h - 15h e também 19h - 23h30 / Sábado 12h30 - 16h30 e também 20h - 00h / Segunda fechado / Domingo 12h30 - 17h

Dalva e Dito

Endereço: Rua Padre João Manuel, 1115 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3068 4444
De segunda a quinta 12h - 15h e também 19h - 00h / Sexta 12h - 15h e também 19h - 01h / Sábado 12h - 16h30 e também 19h - 01h / Domingo 12h - 17h

Epice

Endereço: Rua Haddock Lobo, 1002 - Cerqueira César - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3062 0866
De terça a quinta 12h - 14h30 e também 20h - 23h / Sexta 12h - 14h30 e também 20h - 00h / Sábado 13h- 15h30 e também 20h - 00h / Segunda e domingo fechado

Esquina Mocotó

Endereço: Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1108 - Vila Medeiros - São Paulo - SP
Telefone: (11) 2949 7049
De terça a sexta 12h - 15h e também 19h30 - 23h / Sábado 12h - 17h e também 19h30 - 23h / Segunda fechado / Domingo 12h - 17h

Jiquitaia

Endereço: Rua Antônio Carlos, 268 - Consolação - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3262 2366
Segunda 12h - 15h / De terça a sexta 12h - 15h e também 19h - 23h30 / Sábado 12h - 23h30 / Domingo fechado

Lá da Venda

Endereço: Rua Harmonia, 161 - Vila Madalena - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3037 7702
De terça a sexta 11h - 19h / Sábado 10h - 19h / Segunda fechado / Domingo 10h - 17h30
Obs.: Restaurante funciona das 12h30 às 15h30 (sábado 12h30 às 17h30; domingo e feriados 12h30 às 16h30; fecha segunda).

Maní

Endereço: Rua Joaquim Antunes, 210 - Pinheiros - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3085 4148
De terça a quinta 12h - 15h e também 20h - 23h30 / Sexta 12h - 15h e também 20h30 - 00h / Sábado 13h- 16h e também 20h30 - 00h / Segunda fechado / Domingo 13h - 16h

Micaela

Endereço: Rua José Maria Lisboa, 228 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3473 6849
De segunda a sexta 12h - 15h30 e também 19h - 23h / Sábado 12h - 16h30 e também 19h - 23h / Domingo fechado

Tête à Tête

Endereço: Rua Doutor Melo Alves, 216 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3796 0090
De segunda a sábado 19h30 - 00h / Domingo fechado

Tordesilhas

Endereço: Alameda Tietê, 489 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3107 7444
De terça a sexta 18h - 00h30 / Sábado 12h - 17h e também 19h - 00h30 / Segunda fechado / Domingo 12h - 17h
Obs.: Feriados das 12h00 às 17h00 e 19h00 à 0h30

Tuju

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1248 - Vila Madalena - São Paulo - SP
Telefone: (11) 2691 5548
De terça a quinta 12h - 15h e também 19h30 -22h30 / Sexta 12h - 15h e também 19h30 - 23h / Sábado 13h - 16h e também 19h30 - 23h / Segunda fechado / Domingo 13h - 16h

Mais informações:

Coentro Comunica (11) 4115 8159
Patrícia Moll Novaes - patricia@coentrocomunica.com (11) 97211-9790
Lucas Terribili - lucas@coentrocomunica.com (11) 98202-5179

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s