Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

O objetivo principal desse evento é a difusão dos produtos gastronômicos locais de qualidade e a criação de mercados locais para seu consumo, potencializando a atividade turística interna e externa.

A comida de rua fronteiriça, da qual o choripan é um destacado representante, pode e deve alcançar um nível de qualidade como produto gastronômico sem perder suas características como comida de rápido preparo e de origem popular. Por outro lado, seu reconhecimento como comida popular não impede sugestões de harmonização com distintos tipos de cervejas artesanais, cujo hábito de consumo também se popularizou na fronteira. A ideia, dessa forma, é justamente sugerir o consumo inteligente desses produtos, desenvolvendo assim uma vertente educativa que convida a desfrutar da qualidade no lugar da quantidade. 

A fabricação de cervejas artesanais a partir de receitas originais provenientes de diferentes regiões do mundo pode representar uma forma de diversificação da economia local, ao oferecer ao público consumidor produtos de elevada qualidade a preços acessíveis. Acreditamos que a valorização da cultura gastronômica local pode ser alcançada de maneira sustentável a partir de sua associação com atividades inovadoras, como é em nosso meio a fabricação de cerveja, a qual capitaliza, entre outras virtudes, a excepcional qualidade de nossa água e a capacidade empreendedora da nossa gente.chori

O Convívio Slow Food Grande ABC - SP, com apoio da Escola Sabor&Saber Gastronomia, participaram da abertura do 13º Festival do Cambuci de Paranapiacaba/Santo André e 1º Circuito Regional do Cambuci em 13/04/2016 às 19h00 no Shopping Atrium.

O “CHEF NA FEIRA" é realizada pela Prefeitura de SP, promotora da feira de produtos orgânicos, em parceria com o Slow Food  Convívio Saudável Mente, Instituto Kairós, Gastromotiva e  por todos os feirantes e produtores que dela participam.

Esta iniciativa tem por objetivo:
- Incentivar os consumidores de todas as idades a valorizarem o ato de cozinhar, e assim aprenderem receitas fáceis, acessíveis, que respeitem a sazonalidade e o aproveitamento integral dos alimentos através de conceitos de uma alimentação saudável.
- Aumentar a produção de orgânicos e seus produtores, fomentando a AGRICULTURA FAMILIAR.
- Disseminar os princípios da filosofia Slow Food do alimento: BOM, LIMPO e JUSTO !

Nesta primeira Ação, que acontecerá neste Sábado dia 2 de abril de 2016, o Chef Paulo Machado e Maluh Barciotte.

O Slow Food Convívio Saudável Mente convida todos a participar da “Ação Slow Fish na Feira” com o chef Eudes Assis em parceria com a feirante Adriana Nonaka.

Esta ação terá como objetivo conscientizar o público, sobre o consumo do pescado no Brasil.

No dia 23 de março de 2016, será oferecido um menu degustação aos clientes das 10h às 12h na feira livre da Vila Indiana, localizada na Rua Iquiririm, 496 (Paralela a Rua Corifeu de Azevedo Marques, altura do número 1000).

Menu degustação: "Manjubinhas fritas com  fubá ao molho de  maionese, mostarda, mel e taioba" e "Cara-pau com crosta de caroço de jaca, purê de fruta pão e vinagrete de cambuci".


Foto: Bruno Ferreira

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s