Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Organizam-se na forma da cooperativa Assentamento Terra Prometida (COOPATERRA). O assentamento Terra Prometida está desde 2008 em Tinguá, próximo à reserva florestal de Tinguá, na baixada fluminense. 

A Comunidade é composta por um grupo de trabalhadores rurais organizados a partir do MST. Antes estavam assentados em Santa Cruz, de onde foram deslocados para a ocupação pela CSA (Companhia Siderúrgica do Atlântico), empresa que tem gerado muitos problemas ambientais na região.

No assentamento, são dezenas de famílias que ainda praticamente não têm nenhum apoio do poder público, que há anos esperam para que possam dar prosseguimento à construção de suas casas, à instalação de luz, a colocar em condições sua estrada de acesso, assim como o preparo do solo – em grande parte inadequado para cultivo.

A Terra Prometida produz aipim, cana, milho e frutas. Os agricultores estão implantando uma agrofloresta, na qual participam também camponeses de outros assentamentos, que têm trabalhado em mutirões para ajudar esse sonho a se realizar. Alguns grupos de biólogos e agrônomos os visitam sistematicamente para dar orientações.

Com a ajuda do grupo de permacultura da UFRRJ (GAE), o assentamento está bioconstruindo uma Casa de Sementes, essencial para um bom armazenamento.

O alimento da Comunidade é cultivado em sistema agroecológico, respeita a sazonalidade e o clima local, portanto, os alimentos nascem e crescem a seu tempo, adquirindo características organolépticas incríveis em comparação com os métodos de plantio venenosos. O método de cultivo agroecológico não agride o meio ambiente, sendo todo o processo e prática sustentáveis, seus métodos de cultivo são artesanais, preservando a cultura local.

A Comunidade respeita às condições de trabalho das famílias de agricultores e suas formas de comercialização. Os valores corretos praticados nas feiras agroecológicas buscam gerar satisfação para ambos os lados, tanto do produtor como do consumidor, e suas relações de respeito mútuo tornam as ações comerciais equilibradas, que são valores socioculturais indissociáveis da agroecologia.

 

Estado/Região/Território: Rio de Janeiro/Região Sudeste

Municípios: Região de Tinguá, no município de Nova Iguaçu, na baixada fluminense

Referência da Comunidade: Ruth ou Bia - (21) 31916695 - coopaterra@gmail.com

 

Esta Comunidade do Alimento foi incluída na Rede Slow Food pelo projeto:

logo projeto completa

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s