Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A Comunidade está organizada na forma da Associação de Maricultores de Porto Belo e conta com a participação de cinco produtores que produzem vieiras, ostras e mariscos, praticam extrativismo e coleta de algas comestíveis, como o alface do mar.

A maricultura utiliza a técnica de espinhal, muito típica em todo o estado, gerando renda para a comunidade tradicional e garantindo a preservação dos hábitos alimentares locais. A maricultura no ambiente marinho de Porto Belo segue normas e regras estabelecidas em parceria com pesquisadores e especialistas no tema, em comunhão com as comunidades tradicionais, que ajudam a repovoar o ambiente marinho, com espécies nativas em áreas de cultivo estabelecidas após estudos de impacto ambiental.

Historicamente, as comunidades caiçaras, ranchos de pesca e comunidades do litoral só extraiam os moluscos para o consumo e eventual venda, nunca cultivaram os moluscos. Porém, depois de uma década de pesca não regulamentada (predatória e de arrasto industrial), dos avanços severos da cidade, das marinas e do aumento galopante do volume de cruzeiros no litoral, os moluscos nativos foram dizimados, restando apenas em volume mínimo considerável o mexilhão. Esse marisco (Perna perna), porém, tem seus nichos naturais (o costão, pedras de pontal e recifes), correndo sérios riscos dada a diminuição vertiginosa de sua presença.  Por esses motivos, a maricultura surgiu como uma forma de retomar o consumo destes moluscos, repovoar o ambiente marinho e mobilizar pescadores que estavam cedendo às grandes empresas imobiliárias e da indústria pesqueira para que exercessem a atividade profissionalmente.

Por fim, os produtos são comercializados diretamente com o consumidor final como bares, restaurantes, hotéis e consumidores caseiros. O preço é estabelecido mediante negociação, tendo em vista sempre a sazonalidade e escassez/abundância.

 

Estado/Região/Território:  Santa Catarina/Região Sul

Municípios: Florianópolis

Referência da Comunidade: Sidnei Torres Pedroso - (47) 9607-5405

 

Esta Comunidade do Alimento foi revisada pelo projeto:

logo projeto completa

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s