Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Maracujá-de-Cobra (Passiflora serratodigitata) também conhecida por  maracujá-mochila, maracujá-tubarão, maracujá-de-vaqueiro, maracujá-pedra, é uma planta pertencente à família das Passifloráceas, encontrada em diferentes tipos de vegetação, em áreas de transição entre Cerrado e Amazônia. É revestida por uma casca verde que chega a cor levemente amarelada, no período máximo de maturação, e que se entrelaça a outras plantas, detalhe que justifica o nome popular. A polpa tem sabor bastante ácido e pode variar entre as cores creme e amarelo-clara. Resistente, tem grande durabilidade após a colheita além de tolerar altas temperaturas durante a seca e período das queimadas. 

Um dos habitats favoráveis para o desenvolvimento dessa espécie de maracujá são as áreas que passam por revegetação natural, chamadas popularmente de juquira. A planta que dá origem ao fruto floresce entre maio e agosto e o maracujá pode ser consumido entre novembro e março. O maracujazeiro serve de abrigo para primatas e morcegos. Ao caírem do pé, as frutas atraem especialmente roedores e insetos. A própria resistência a pragas garante emprego a um grande contingente de agricultores familiares que dispensam a utilização de agrotóxicos. O maracujá-de-cobra pode ser considerado um fruto com alto teor de vitaminas C e E, carotenóides e compostos fenólicos, substâncias antioxidantes que retardam o envelhecimento. 

As belas flores do maracujá-de-cobra são externamente esverdeadas e pétalas arroxeadas, polinizada por abelhas. As folhas dessa espécie de maracujá são maceradas e se transformam em matéria-prima para infusões. O chá é utilizado popularmente no combate de inflamações externas, hipertensão e insônia.  As dificuldades de propagação da espécie por meio de sementes ou estacas e a baixa ocorrência e produtividade aliada às constantes ameaças das práticas de monocultura fazem com que essa espécie corra risco de extinção e tenha presença cada vez mais rara.

Indicado por Marcelo Kuhlmann 
Pesquisa por Sara Campos
Revisão por Ligia Meneguello
Este produto foi embarcado pelo projeto
logo projeto completa

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s