Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Consiste em um tipo de carne bovina que é seca no sereno, muito comum no Norte de Minas, cujo modo de produção está desaparecendo. O sereno é apenas o orvalho da noite que aproveitamos como parte do processo para dar sabor e paladar a carne de sol ( serenada). 


Para se fazer uma boa carne de sol serenada você precisa primeiro escolher carnes de melhor qualidade e que tenha de preferência uma boa cobertura de gordura, afinal de contas ela é a responsável pelo sabor e maciez da mesma. Exemplo de carnes que pode ser usada alcatra, picanha, lagarto e contra filé. É importante lembrar que a quantidade de sal deve ser mínima, aconselha-se 30g por kilo. Deve ser bem espalhado na carne para que não fique nenhum lugar sem cobertura, depois deste processo de salga q deixe a carne descansar por cinco horas e depois a pendure ao sol por três horas (é importante o local ser protegido de insetos) depois de sair do sol leve -a ao sereno por duas noites. 


Em Bocaiúva (MG), nos anos 50 os açougueiros da época preparavam bastante carne serenada até mesmo pela dificuldade de se armazenar carnes, visto que naquela época existiam poucos freezer na cidade. O forte da carne serenada aqui em bocaiuva foi na década de 80. 

Indicação por Gil Guimarães
Revisão por Ligia Meneguello

Este produto compõe o projeto
Logo Novo Projeto site copy

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s