Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A palavra jerivá vem do Tupi Guarani e significa “fruta gomosa de cacho”. A jerivá (Syagrus romanzoffiana) é uma palmeira de estipe (tronco sem ramificações), atingindo altura média de 6 a 15 m, mas até 30 metros se estiver no meio da floresta, com o tronco variando de 25 a 62 cm de diâmetro.
A parte externa do fruto é carnosa, amarelada ou alaranjada, marcada por três cicatrizes, resultado da polinização. A polpa é composta de uma mucilagem adocicada, muito apreciada por alguns animais, como papagaios, maritacas, esquilos caxinguelê, cachorros e pelos humanos.
Internamente, possui uma pequena castanha, e a prática da quebra dos coquinhos, feita com pedras para alcançar as suas amêndoas, é uma lembrança comum dos habitantes do interior. Frutifica em vários meses do ano, principalmente de agosto a dezembro.

Na medicina popular, o chá da casca e da flor é usado no combate ao amarelão, problemas renais e diarreias. A casca e o suco do coquinho têm propriedades vermífugas. A amêndoa, rica em proteína e cálcio é um excelente alimento para pessoas convalescentes e o óleo da amêndoa tem propriedades que podem ajudar a diminuir os efeitos da osteoporose, artrite e reumatismo, além de poder ser utilizado como óleo de cozinha. O palmito, apesar de pouco volumoso e amargo, tem textura e sabor excelente quando extraído de plantas jovens (com 5 a 6 anos), fervidos antecipadamente para retirada da seiva. A extração do palmito, que implica no sacrifício da palmeira, só deve ser feita em plantas cultivadas com esse objetivo ou de manejo controlado. Por fim, os frutos alaranjados com polpa espessa, fibrosa e saborosa, são apreciados pelas crianças da zona rural, que encontram ao mascá-los algo próximo a um “chiclete natural”.

Com a polpa do jerivá é possível preparar sucos saborosos, sorvetes, doces, licores, condimentos e gelatinas. As sementes podem ser quebradas para a retirada da amêndoa ou esmagadas para extração do óleo.

Indicação: Gabriel Menezes
Texto e pesquisa: Marcelo Aragão de PodestàEste produto compõe o projeto:

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s